Bonhomme de neige

O Natal aproxima-se cada vez mais e Bruxelas já está se preparando para o evento. Desde ontem está erguida a tradicional árvore de natal na Grand Place. Ela é enorme e fica plantada bem no meio da praça durante as festividades. Geralmente há também uma lapinha, às vezes com bonecos representando os personagens, às vezes com gente de verdade, assim como os animais. Ao longo das ruas do centro estarão também um "Marché de Noël", com comidas, bebidas e objetos típicos da época; Parques de diversão e muitas coisas. Na verdade a festa é enorme e as pessoas saem todas as noites, apesar do frio de rachar, para se divertirem.

Sábado será a vez de Saint Nicolas fazer sua aparição na Grand Place. Ele vai fazer a visita ao Manekin Pis (já falei sobre eles em post anteriores). As previsões são de chuva para este fim de semana. Uma pena, pois queria levar a Sofia para ver a festa.

E é assim que acontecem as festividades por aqui. Um pouco diferente, mas também tem muita coisa parecida com os outros lugares do mundo.

Je vous embrasse. Au revoir.

 

Le Soir



Postado por: Herlaine às 13h14
| | envie esta mensagem



Bonjour!

Hoje estou sem inspiração e sem paciência. Deixo vocês com essa ilustração engraçada, para rirem um pouco.
Volto amanhã. Um beijo.

 



Postado por: Herlaine às 14h57
| | envie esta mensagem



A neve já parou de cair e nas ruas só vemos muita lama. Essa é a parte ruim da neve. Amanhã ela volta e espero que com menos intensidade.

Le Soir

E por causa do frio, na noite da nevasca, um mendigo de aproximadamente 40 anos morreu na calçada da igreja de Santa Catarina, centro de Bruxelas. Pois é, aqui também tem mendigo. Mas que vivem nessa vida por opção, porque há gente para tudo no mundo. Quando as previsões avisaram sobre a neve, as organizações que trabalham com os pobres se organizaram e para cada mendigo há uma cama e comida quentinhas num abrigo no centro da cidade, mas pelo visto eles não gostam. Aqui mendigo é conhecido pelo nome de " sdf -sans domicile fixe" (sem domicilio fixo).

No ano passado os restos mortais de um sdf foi encontrado num lugar de muita movimentaçao de pessoas, a gare do midi.  Ele já havia morrido há muito tempo e ninguém deu por isso. Triste não é? Que vida!

Um belo domingo para vocês e fiquem todos com Deus.




Postado por: Herlaine às 11h02
| | envie esta mensagem



Esta noite houve uma tempestade de neve aqui na Bélgica, principalmente em Bruxelas. Então podemos ver a primeira neve do ano. Isso é sempre muito bonito de se ver. Eu adoro, como já disse outra vez, olhar da janela e ver a neve caindo, deixando tudo branquinho. A paisagem muda radicalmente, é realmente lindo.

Depois soube que houve muitos acidentes na cidade e nas estradas, principalmente com árvores que caíram. É que nós estávamos esperando a neve, mas não com essa intensidade (20 centímetros).

Claro que aproveitamos para brincar um pouco na neve, não deixaria passar em branco um momento como estes. Desci para o jardim do meu prédio com a sofia e brincamos umas boas horas. Ela quando viu a neve, exclamou: "neve!!!!" e saiu correndo para fazer bolinhas nas mãos. Tiramos umas fotos, publico uma aqui e as outras estão no meu fotoblog . Vou tentar pôr uma foto aqui, caso não apareça, digam-me.

Um beijo e excelente fim de semana.




Postado por: Herlaine às 18h37
| | envie esta mensagem



Uma mulher sobre cinco é vítima ao menos uma vez em sua vida de violência da parte de seu marido ou companheiro. É o que mostra um estudo da Anistia Internacional, no dia internaciona de luta contra a violência conjugal, que é hoje.

Aqui na Bélgica existe muito caso de espancamento e até morte de mulheres pelo seu marido, na sua maioria árabes. Ano passado o cineasta holandês Theo Van Gogh (sobrinho-bisneto do famoso pintor) foi assassinado porque produziu um filme sobre o assunto. Lamentável. E sem falar que esses números contam apenas aquelas mulheres que prestam queixa de seus maridos. Nós sabemos muito bem que esse número multiplica se fosse levado em conta aquelas que não dizem a ninguém por sentir vergonha.

Le Soir

É preciso lutar contra a impunidade desses brutamontes e dar uma força a quem é vítima de tal violência. Às vezes pode ser uma pessoa próxima que é vítima, mas que nós não sabemos. É preciso também coragem para denunciar e a Anistia Internacional está aí para ajudar a quem precisar. Basta acessar o site.

Um abraço carinhoso e um ótimo final de semana para todos.




Postado por: Herlaine às 15h38
| | envie esta mensagem



Oi gente!

Fim de ano deixa a gente sem tempo pra nada, ainda mais com esse tempo gelado. Ai! ai! ai!

Os meteorologistas britânicos disseram que o inverno esse ano na Europa será rude (e cruel). As previsões são de neve a partir de amanhã aqui em Bruxelas e as temperaturas estão por volta dos +2°. Só com casaco de pele mesmo. E não me venha dizer que isso é anti-ecológico, pois não vou deixar de usá-lo. Só saio de casa quando a necessidade assim exige.

A Sofia ontem amanheceu com febre, sem apetite. Fomos à médica e parece que é uma virose. Hoje ela está melhor, mas não vai à creche desde ontem e eu tenho que ficar em casa. Ainda bem que o horário do Eduardo é flexível e ele pode ficar em casa quando tenho que sair.

Janine, não esqueci que preciso enviar o meu endereço pra você. Não se preocupe.

Aos brasileiros que estão fora um lembrete: não se esqueçam de fazer a declaração de isento do Imposto de Renda. O prazo termina dia 30/11. Vou tentar fazer a minha e a do eduardo hoje.

O Papai Noel é visto aqui em Bruxelas nas decorações das casas, como esse daí da foto. Nós temos um assim pendurado na nossa varanda em Portugal. Para loucura da Sofia.

Bruxelles ma ville

Um beijo grande. Obrigada pelas visitas e comentários. Vocês são nota 1000!




Postado por: Herlaine às 11h29
| | envie esta mensagem



Achei essa música no blog da CDB. Ela é linda e quero compartilhar com vocês. Essa é minha maneira de homenagear a todos vocês que vêm aqui todos os dias e dizer obrigada. Sintam-se beijados e abraçados.

PODEMOS SER AMIGOSLetra e Música: Silmar Côrrea

 

Não sei se você gosta de cereja com sorvete, não sei se você canta de garganta ou falsete. Não sei se você anda de anda de amarelo ou de azul, quem sabe muitas coisas nós tenhamos em comum. Não sei se sua casa tem cachorros ou piscina, não sei se você gosta de pudim ou gelatina. Não sei a sua idade, nem a sua profissão, quem sabe você toca clarineta ou violão. Não sei se suas férias, são no campo ou na praia, não sei se o seu nome é Maria ou Soraia. Nem sei se você canta ou pratica Karatê, quem sabe eu vi seu rosto num programa de T.V. Espero que aceite dissonâncias na harmonia, quem sabe você possa melhorar a melodia. Não se essa letra vai poder lhe agradar, mas quero num acorde de você me aproximar!

Podemos ser amigos e juntos NAVEGAR. A vida passa logo, eu quero lhe abraçar! Olhando nos seus olhos, virtudes posso ver, mil coisas diferentes nós vamos aprender, Podemos ser amigos, é bom lhe conhecer..

É bom lhe conhecer, muito prazer.

(Gravado no CD MINISTÉRIO DO LOUVOR – CORAL JOVEM DO IAP)


 

 

 

 



Postado por: Herlaine às 11h02
| | envie esta mensagem



O mês de novembro tá passando rapidinho, daqui a pouco chega o Natal e eu hoje vou falar como essa festa s passa por aqui. Na Bélgica e em alguns países do Norte da Europa a figura do Papai Noel quase não existe. A troca de presentes é feita no dia 06/12, dia de Saint Nicolas (são nicolau se preferir). Esse santo foi um bispo que viveu na turquia há muito tempo, no século I. Existe muita lenda sobre ele, mas todas dizem que ele era rico, mas renunciou a sua riqueza para distribuí-la com as pessoas que precisavam.

No dia 06/12 Saint Nicolas estará presente por todos os lugares na cidade. Uma figura alta, com um chapéu e um cajado de bispo na mão. Aos adultos ele distribui laranjas. Ele anda com um negrinho do lado, chamado Père Feutard e um burro. Em casa, as crianças deixam um prato preparado com um copo de vinho(para o santo), uma laranja para o negrinho e uma cenoura para o burro, para a visita noturna. No outro dia aparecem os presentes perto da lareira.

Eu confesso que não me acostumo com essa festa e aqui em casa nós não vamos ter troca de presentes como os belgas e sim no dia de Natal, como manda a regra de nossa cultura. Nesse dia, aliás nós estaremos em Lisboa, onde o Papai Noel vai muito bem, obrigada.

Aqui não se vê o Papai Noel em lado nenhum, as lojas estão decoradas com o Saint Nicolas e domingo que vem o comércio é aberto para facilitar a compra dos presentes.

Saint Nicolaus :-) 

Aí está a foto do Saint Nicolas que nós vemos aqui.

Um beijo grande para todos e amanhã eu voltarei. Obrigada pelas visitas e comentários. Amo vocês.




Postado por: Herlaine às 11h53
| | envie esta mensagem



Le Soir

Pois é, já começou a nevar por aqui na Bélgica. Não aqui em Bruxelas, felizmente, mas nas Ardenas. Leste do país, fronteira com a Alemanha e Luxemburgo. As temperaturas aqui estão bem baixas (+3°) durante o dia e a noite é negativa. Bendito seja o aquecimento.

Acho a neve linda, mas somente quando olho da janela, com a casa aquecida. Para tocar a vida não é nada prático, muito menos fácil.

Apesar de tudo ainda existe o sol para deixar o dia mais bonito. Em dezembro, além do frio chega a escuridão.

Por aqui está tudo bem. Estou com prequiça de postar. Volto assim que a coragem aparecer.

Um abraço quentinho para vocês, ótimo final de semana e fiquem todos com Deus.


 



Postado por: Herlaine às 18h04
| | envie esta mensagem



Mas nem todo mundo na Bélgica é sisudo. Vou dar o exemplo de dois outros vizinhos meus.

Monsieur Demol: Tem noventa anos, com corpo e cabeça de sessenta. Nem sequer usa óculos. Está sempre bem humorado e disposto a engatar uma conversa de horas a fios. Tem sempre uma piada de salão pra contar. Este deve ser o segredo da sua juventude. Perdeu o pai quando era bebê, na primeira guerra mundial e a mãe quando era adolescente. Foi para um campo de concentração na época da segunda guerra e diz com muito bom humor que foi da Bélgica à Holanda a pé, com temperatura negativa nessa époda da guerra. É mole ou quer mais? Acho que depois que uma pessoa passa por tanta provação na vida, o que vem depois é lucro. Ele é o síndico do prédio e eu adoro conversar com ele, não me importo de passar horas jogando conversa fora.

Madame Hayout: essa é uma figura. Tem uns setenta anos. É o bom humor em pessoa, nunca a vi triste ou lamentando de alguma coisa.  Quando ela tinha 60 o marido trocou-a por uma de 40, mas ela diz que foi melhor assim, pois ela ficou com a casa só pra ela. Teve câncer no seio e teve que o tirar, então ela conta que antes tinha muita enxaqueca e depois da mutilação ficou curada de tudo, inclusive da dor de cabeça. Usa o buraco do que sobrou do seio como bolsa, pondo o dinheiro lá dentro. É notável a sua maneira de transformar desgraça em coisa boa.

Gosto muito de conversar com as pessoas, saber da vida delas. Não para fofocar, mas por curiosidade mesmo. Apesar dessa maneira dos belgas se comportarem em relação às outras pessoas, eu não me limito ao simples "bonjour". Puxo conversa e assim ganho amigos, que já são muitos. Pois é como já  lhes disse, a razão dessas pessoas serem fechadas é que elas não sabem tomar a iniciativa de chegar a uma outra pessoa. Então eu faço a minha parte, de uma maneira bem brasileira.

Um beijinho carinhoso em cada um de vocês. Obrigada pelas visitas e pelos comentários.




Postado por: Herlaine às 11h37
| | envie esta mensagem



Hoje, quando estava indo para a fisioterapeuta li num anúncio dentro do tram (bonde) que aqui na Bélgica 7 pessoas se suicidavam por dia. Fiquei chocada. A Bélgica tem 10 milhões da habitantes e é menor que a Paraíba. 7 pessoas por dia é muita coisa. As pessoas têm muito problema de solidão, moram sozinhas e são muito tímidas (acho que o problema é esse). Não sabem chegar para uma pessoa e conversar, nem mesmo com o vizinho. É cultural isso. Minha vizinha de porta é grega e nós somos super amigas. Ela tem mais sessenta anos, podia ser minha mãe e eu trato-a como tal, a sofia chama-a de "Iaiá" (vovó em grego). Às vezes nós passamos uma tarde inteira conversando de tudo e de nada. Mas os belgas são diferentes, passam pelos outros, mesmo vizinhos e se limitam ao "bonjour madame". Raramente conversam.

Outro problema aqui é a falta de rede de proteção nas janelas e varandas. Eu moro no quarto andar e nem minha varanda, nem minhas janelas têm redes. Do meu prédio já pularam duas mulheres, uma delas morava aqui e outra veio fazer uma visita a uma amiga e aproveitou para se suicidar (é mole?). Muito triste.

O tempo também não ajuda em nada, no inverno são dias e dias sem ver o sol, com muito frio. As pessoas se desesperam. Uma pena.

Lamentável, lamentável. Fico por aqui, tá frio pra caramba, com muito vento e chuva. Dia de ficar em casa mesmo. Um beijo grande para todos.




Postado por: Herlaine às 17h30
| | envie esta mensagem



The WeatherPixie Bruxelas
The WeatherPixie João Pessoa

.:: Outros ::.


Livro que estou lendo:
Memórias Póstumas de Brás cubas
Últimos cinco livros
que li:
Cem Anos de Solidão
-excelente-
Quase Tudo - Muito bom
O Doce Veneno do Escorpião -legal
- bom
Dom Casmurro - Muito bom
Equador - Excelente
.:: Histórico ::.

16/06/2006 a 30/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006
01/01/2006 a 15/01/2006
16/12/2005 a 31/12/2005
01/12/2005 a 15/12/2005
16/11/2005 a 30/11/2005
01/11/2005 a 15/11/2005
16/10/2005 a 31/10/2005
01/10/2005 a 15/10/2005
16/09/2005 a 30/09/2005
01/09/2005 a 15/09/2005
16/08/2005 a 31/08/2005
01/08/2005 a 15/08/2005
16/01/2004 a 31/01/2004

.:: Links ::.

Janine
Beto
thomoeda
UOL
UOL SITES
Google blogs
Rosana Hermann
Yahoo
Orkut
Leo Jaime
Voando pelo céu da boca
La vie en Belgique
Comunidade
Daily Pick
Nadia
Skynet
Bruxelles ma ville
Cantinho da Dinha
Histórias do Mundo
Le Soir
Brussels Life
Gerolino Incorporations
veronique
trabel
Célia - Suécia
Márcia - Irlanda
Meu fotolog

.:: Votação ::.

Dê uma nota para meu blog

.:: Indicação ::.

Clique aqui para me indicar


visitas

 .:: Comentários by ::.


Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

 .::Créditos ::.